Roadie Metal: Um pedaço rico do underground

Capa-oficial-Roadie-Metal-Vol-7

Estou em minhas mãos com os volumes 6 e 7 da coletânea Roadie Metal. Antes de começar, uma breve apresentação, o Roadie Metal é um programa de rádio web que surgiu em 2014 com o objetivo de apoiar o underground. O programa, até pouco tempo desconhecido por mim, faz entrevistas ao vivo com bandas e é transmitido nas quintas e sábados. Com o tempo, o radialista Gleison Junior (idealizador do Roadie Metal) decidiu montar coletâneas com bandas do underground brasileiro e assim surgiram as coletâneas Roadie Metal.

A coletânea passou a ser lançada fisicamente (e com distribuição gratuita, diga-se de passagem) a partir da sua edição número 2. O material é de muita qualidade, lançado em CD duplo, em formato paper sleeve e acompanha encarte. O encarte contém informações sobre as bandas, incluindo endereços e páginas onde mais material deles pode ser encontrado. Em outras palavras, a coletânea Roadie Metal é um verdadeiro catálogo do underground brasileiro, onde podemos conhecer sons que não estão – muitas vezes – facilmente acessíveis.

Não cabe aqui citar todas as bandas presentes e analisar cada música (e qualidade de gravação), senão essa resenha seria muito, mas muito extensa mesmo. São 17 músicas de 17 bandas diferentes em cada CD somente no volume 6, ou seja, 34 bandas diferentes para você ouvir e ver qual estilo mais te agrada (só para ter uma noção, os estilos variam do rock clássico ao deathcore – passando por folk, progressivo, e por aí vai). Caminhando para o volume 7, são mais 35 bandas diferentes (até onde pude acompanhar) das do volume anterior. Está conseguindo entender o papel dessa coletânea?

Cada volume possui uma arte própria e, como comentei antes, um encarte, com um pequeno espaço dedicado a cada banda para mostrar sua localidade, formação e site/fanpage. Bandas de todas as regiões do Brasil estão presentes (aliás, apenas o norte não vi representado nesses volumes), o que nos proporciona observar como cada um interpreta o metal.

Concluindo, para conhecer mais sobre o que está sendo produzido no Brasil e prestigiar o trabalho dessas bandas que tanto se esforçam para produzir novas músicas, recomendo conferirem a coletânea. Certamente voltarei a escrever sobre algumas bandas presentes à medida que for escutando seus álbuns, EP’s e demos divulgadas.

Para ter maiores informações, sugiro acessar o site da Roadie Metal:

Roadie Metal Volume 7

Fanpage do Roadie Metal

2 Comentários para: “Roadie Metal: Um pedaço rico do underground

  1. Prezado Vitor Ferreira, quero acrescentar uma informação à resenha. Sou Jorge, vocalista da banda Apeyron que integra o Vol. 7 da Roadie Metal. A Apeyron é de Belém do Pará, sendo a única representante da região norte/Amazônia.
    Abraços

    • Massa, então o Brasil inteiro está representado. Olhei com cuidado no encarte, mas deve ter passado despercebido. Valeu pela correção.