Siod: Muito ódio entranhado

Siod_esSIODio_Capa_Low

O que chamou a atenção de cara no álbum do Siod é o nome. Derivado de “esse ódio”, a banda formada por Umberto Buldrini (vocal e guitarra), Fabiano Gil (baixo) e André Silva (bateria) lançou recentemente o seu álbum de estréia, esSIODio (2016). Assim como o nome diz, a banda promete muito ódio em suas composições, mas isso não é sinônimo de um som “brutal”. Pelo contrário, eles adotam linhas melódicas dentro do heavy metal, só que sem soar monótono.

Maldade é a primeira faixa e inicia logo com um excelente instrumental. Os riffs variam ao longo da música, que ainda conta com uma pequena parte cantada. Traumatismo Moral continua na mesma linha pesada, abrindo espaço para uma alternância entre vocais limpos e pouco guturais do Umberto – casou muito bem com a melodia. A faixa-título, esSIODio, vem logo em seguida, trazendo um puro heavy metal. Destaque para a letra carregada de ódio. Foi aí que entendi o título de “poetas do ódio”, que a banda recebeu.

Paranoia e Buraco da Fé dão continuidade ao álbum. Esta última possui maiores variações na melodia, mas dentro da proposta de peso e ataques em acordes dissonantes que vinha sendo adotada nas outras músicas. Não Tira Não inicia com muito peso, mas abre espaço para muitas quebras de tempo. A bateria, inclusive, segue essa quebra, o que deu toda uma cara progressiva à música. O que chamou a atenção nela foi o espaço que a banda abriu para a criatividade. As músicas até aqui seguiam uma proposta mais “linear”, por assim dizer – metal com ataques em acordes dissonantes. Mas, essa música mostrou o lado mais criativo da banda e ousado também. A sequência instrumental da música é realmente muito boa. Ela chama a atenção para o que a banda pode produzir daqui para frente. Tudo o que falei dessa música pode estendido para Cercado de Vermes. Boa sequência instrumental, com algumas variações na melodia.

O álbum, por ser o primeiro trabalho da banda, deve mostrar as reais intenções da banda, ou seja, mostrar a linha que ela quer seguir nos próximos trabalhos. Ouvindo esSIODio (2016) deu para entender muito bem o que o Siod quer e melhor, podemos perceber que a banda não se prende necessariamente ao estilo e está aberta a inclusão de novos elementos à sua música.

Tracklist:

1.Maldade
2.Traumatismo Moral
3.esSIODio
4.Paranoia
5.Buraco da Fé
6.Coragem Amigo
7.Não Tira Não
8.Cercado de Vermes



Comentários estão desabilitados no momento.